Geral

"Estou amando o Brasil", diz Megan Fox em visita a favela

Da Redação ·





Por Alberto Pereira Jr.

SÃO PAULO, SP, 9 de fevereiro (Folhapress) - De passagem pelo Brasil neste Carnaval, atriz norte-americana Megan Fox, 26, visitou hoje a favela de Heliópolis, na zona sul de São Paulo. Questionada sobre o que estava achando do país, ela afirmou: "Estou amando o Brasil".

A atriz foi conhecer o projeto social Jovens de Responsa, parceria entre a Ambev e a Unas (associação de moradores de Heliópolis), que busca promover o consumo consciente de álcool e evitar que menores de idade consumam bebidas alcoólicas.

Acompanhada de seu marido, o também ator Brian Austin Green, Megan chegou por volta das 16h30, assistiu a apresentações de capoeira e de percussão, viu uma exposição de fotos da história da comunidade e arriscou passos de samba com parte da bateria da escola Imperador do Ipiranga.

Enquanto via a demonstração de capoeira, ela mostrava-se impressionada pela precisão dos movimentos. "Oh, meu Deus! Uoh!", disse em alguns momentos.

A atriz, que chegou ao país na manhã de hoje, confidenciou a pessoas da produção do evento que estava cansada, mas que, após as apresentações musicais, ficou totalmente desperta. A variedade de ritmos também agradou a musa do filme "Transformers: A Vingança dos Derrotados" (2009).

O marido dela, Brian, afirmou que sempre teve vontade de fazer capoeira, mas que achava que agora, aos 39 anos, estaria um pouco velho para isso e poderia se machucar.

O filho do casal, Noah, de três meses, ficou no hotel Fasano. Ele ganhou um uniforme da seleção brasileira de cortesia do estabelecimento.

Carioca

Amanhã, Megan Fox embarca para o Rio, onde a atriz será a estrela do camarote da Brahma, na Marquês de Sapucaí.

Segundo Ricardo Amorim, gerente de relações corporativas da Ambev, foi iniciativa da atriz a visita ao projeto social paulistano. "Ela não queria apenas ficar no hotel ou no camarote. Pediu para conhecer alguma comunidade e projeto social no Brasil."

A comitiva que levou a atriz a Heliópolis tinha cinco carros, dois motoqueiros e cerca de dez seguranças. Ela interagiu com a comunidade local, acenando e tirando algumas fotos.

Também na tarde de hoje, foi realizada em Heliópolis a primeira Marcha para Jesus da região.
 

continua após publicidade