Geral

David Cameron cria teste de cultura britânica para limitar visto de imigrantes

Da Redação ·





Por Bernardo Mello Franco

SÃO PAULO, SP, 9 de fevereiro (Folhapress) - Quais são os três filmes mais famosos do Monty Phyton? Quantos anos de trono a rainha Elizabeth 2ª comemorou em 2012? O que significa cada listra na bandeira do Reino Unido?

A partir de agora, imigrantes que vivem na ilha terão que responder perguntas desse tipo para tentar obter a cidadania britânica. A exigência faz parte de um pacote de regras do governo do primeiro-ministro David Cameron, do Partido Conservador, para dificultar a permanência de estrangeiros no país.

Além de dominar o inglês, os candidatos ao visto definitivo terão que demonstrar domínio dos valores britânicos", num teste de múltipla escolha que lembra programas de TV como o antigo "Show do Milhão". Quem não acertar mais de 75% das respostas será convidado a deixar a ilha.

A explicação do governo é que muitos estrangeiros fariam questão de não se integrar à cultura local, apegando-se às tradições de seus países de origem. Este discurso é reforçado pelos tabloides sensacionalistas, que fazem campanha contra os imigrantes e difundem a ideia de que eles são culpados por problemas como desemprego e violência.

O questionário substitui um questionário politicamente correto, deixado pelo governo trabalhista de Tony Blair, em que os imigrantes só precisavam responder perguntas sobre a vida prática no país. Segundo assessores de Cameron, quem passar no novo quiz vai demonstrar que tem simpatia pelo Reino Unido e merece ser aceito como cidadão local.

A novidade faz parte de um conjunto de medidas que vem recebendo críticas por dificultar a permanência de estrangeiros em geral, incluindo estudantes universitários. Um dos planos do governo, ironizado pela imprensa britânica, é criar uma campanha publicitária enfatizando pontos negativos da vida na ilha para afugentar possíveis imigrantes do leste europeu.
 

continua após publicidade