Geral

Planalto diminui cobrança de nível de inglês para alunos do CSF

Da Redação ·





BRASÍLIA, DF, 7 de fevereiro (Folhapress) - O governo reduziu a nota em prova de proficiência em inglês exigida de universitários interessados em estudar em faculdades do Reino Unido, por meio do programa Ciência sem Fronteiras (CSF).

Em novembro do ano passado, Capes e CNPq, agências responsáveis pelo programa, publicaram uma retificação diminuindo a pontuação em exames do Toefl e Ielts originalmente prevista em edital para as vagas em instituições britânicas.

A mudança atingiu os candidatos ao processo seletivo encerrado em janeiro. A informação foi divulgada hoje no jornal "O Estado de S.Paulo".

De acordo com a retificação, um estudante poderia ser selecionado com uma pontuação de 42 no Toelf. Antes, o mínimo exigido era de 72. No Ielts, a nota caiu de 22 para 20. A depender do desempenho do estudante na prova, ele pode ser matriculado em curso intensivo de inglês de três meses ou seis meses no Reino Unido antes de iniciar os estudos na faculdade.
 

continua após publicidade