Geral

País tem base secreta de drones na Arábia Saudita, diz "NYT"

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 6 de fevereiro (Folhapress) - Reportagem do "The New York Times" revelou que os EUA construíram uma base secreta na Arábia Saudita de onde partem drones (aviões não tripulados) para atacar, no vizinho Iêmen, suspeitos de ligação com a rede terrorista Al Qaeda na Península Arábica. A polêmica sobre os drones e as vítimas civis que resultam dos seus ataques estará sob os holofotes amanhã quando o Senado sabatinará John Brennan, indicado pelo presidente Barack Obama para dirigir a CIA (agência central de inteligência dos EUA). Brennan é um dos principais arquitetos da estratégia dos drones e, de acordo com o jornal "The Washington Post", foi peça essencial das negociações com o governo saudita para construir a base na época em que comandava o escritório da CIA em Riad. O "NYT" relata que os primeiros ataques ao Iêmen na gestão Obama, em 2009 e 2010, foram considerados desastrosos --dezenas de civis e um popular vice-governador foram mortos-- e incitaram uma série de protestos. A construção da base foi iniciada pouco depois disso. Funcionários do governo americano afirmam que a base saudita foi usada pela primeira vez no ataque com drone que matou, em setembro de 2011, o clérigo Anwar al Awlaki, nascido nos EUA. A rede NBC News revelou ontem texto do Departamento de Justiça dos EUA que avaliza a execução sem julgamento de americanos supostamente ligados à Al Qaeda.  

continua após publicidade