Geral

Tsunami-Oceania - (Atualizada)

Da Redação ·

Tsunami após forte terremoto deixa cinco mortos nas Ilhas Salomão SÃO PAULO, SP, 6 de fevereiro (Folhapress) - Um tsunami com ondas de até um metro e meio de altura atingiu hoje as Ilhas Salomão, no Pacífico Sul, deixando ao menos cinco mortos e três feridos, informaram fontes de hospitais locais. As ondas ocorreram após a região ser atingida por um terremoto de magnitude 8. Segundo balanço provisório do escritório de comunicação do governo, ao menos 50 casas fora destruídas em pelo menos três aldeias em Lata, na costa oeste das ilhas Santa Cruz, que fazem parte do território das Ilhas Salomão. Parte da pista do aeroporto local foi danificada, o que prejudicará o eventual envio de ajuda humanitária. O diretor do setor de enfermaria do hospital de Lata, Augustine Bilve, disse à rede neozelandesa TVNZ que ainda não chegaram feridos ao hospital, e acrescentou que "é provável que também tenham sido afetadas outras localidades de Santa Cruz". Um pequeno tsunami de 11 centímetros de altura atingiu Vanuatu e outro de 50 centímetros a Nova Caledônia, mas ainda não há confirmação sobre danos ou vítimas. O Japão calcula que parte da sua costa receberá hoje o impacto de outro tsunami de 20 centímetros. Várias ilhas do Pacífico Sul reagiram com medo ao alerta de tsunami, como foi o caso de Kiribati, onde os moradores deixaram suas casas e procuraram abrigo no estádio local, situado na parte alta da ilha, segundo a TVNZ. Em Suva, a capital de Fiji, houve engarrafamentos por conta da movimentação de aldeões que se dirigiam às zonas altas da cidade. Por volta das 1h45, o Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico (PTWC, na sigla em inglês) cancelou o alarme de tsunami, que valia também para Vanatu, Papua Nova Guiné, Nova Caledônia, Fiji, Kiribati e outros arquipélagos da região. Segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês), o tremor ocorreu às 12h12 locais (23h12 de terça-feira em Brasília) próximo às ilhas Santa Cruz, a uma profundidade 5,8 km, e foi seguido de várias réplicas de até 6,6 de magnitude. Desde ontem, a região sofreu pelo menos dez sismos, com magnitudes entre 4,9 e 6,2. Moradores da capital das Ilhas Salomão, Honiara, a 580 km do epicentro, disseram que o tremor não foi sentido. Em 2007, um tsunami ocorrido após um terremoto de magnitude 8,1 matou ao menos 52 pessoas e deixou milhares de desabrigados nas Ilhas Salomão. As Ilhas Salomão ficam sobre o chamado Anel de Fogo do Pacífico, uma área de grande atividade sísmica e vulcânica atingida por cerca de sete mil tremores todos os anos.  

continua após publicidade