Geral

Haddad interdita 15 estabelecimentos irregulares

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 5 de fevereiro (Folhapress) - A Prefeitura de São Paulo informou hoje que interditou 15 estabelecimentos devido a irregularidades relacionadas à licença de funcionamento ou segurança dos locais. No entanto, a administração não informou o nome nem endereço dos bloqueios.

Na última semana, o Corpo de Bombeiros divulgou uma lista com 26 espaços que estariam inseguros. A reportagem apurou que o caso provocou mal-estar entre prefeitura e Estado. Haddad achou a divulgação da lista imprudente, já que a maior parte das irregularidades era pequena.

Na sexta-feira, a prefeitura já havia fechado a boate Inferno, na rua Augusta, no centro da cidade. A casa de suingue Casablanca, em Moema, bairro nobre da zona sul, também foi fechada anteontem.

A administração não disse se as duas casas fazem parte do balanço divulgado hoje.

Dessa vez, técnicos das subprefeituras, Contru e Corpo de Bombeiros fiscalizaram 37 estabelecimentos no fim de semana, entre a noite de sábado e a noite de domingo.

Além dos espaços interditados, 11 locais receberam notificações para regularizar a documentação e permaneceram abertos. Outros dois estavam fechados quando a equipe técnica fez a visita e um estabelecimento não foi encontrado no endereço em que estava cadastrado pela prefeitura. Oito locais não apresentaram irregularidades.
 

continua após publicidade