Geral

Secretaria abre sindicância para apurar fuga de presos de Bangu

Da Redação ·

RIO DE JANEIRO, RJ, 4 de fevereiro (Folhapress) - A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária abriu sindicância interna para apurar a fuga de 27 presos do Instituto Penal Vicente Piragibe, no complexo prisional de Bangu, na zona oeste da cidade, ocorrida ontem. Segundo a secretaria, os detentos fugiram por um túnel construído na tubulação de esgoto. Ainda ontem, quatro presos foram recapturados depois de buscas feitas na rede de esgotos do presídio. Os presos recapturados foram transferidos para a Penitenciária Laércio da Costa Pelegrino, conhecida como Bangu 1, localizada no mesmo complexo prisional. Representantes da Corregedoria da Secretaria de Administração Penitenciária foram ontem ao Instituto Penal Vicente Piragibe, para começar a ouvir os carcereiros. Os presos recapturados também serão ouvidos pela sindicância. Bangu O conjunto de penitenciárias de Bangu, oficialmente chamado de Complexo de Gericinó, reúne 25 unidades prisionais, incluindo aquelas consideradas de segurança máxima (o que não é o caso do Instituto Penal Vicente Piragibe). Em outubro de 2011, a Defensoria Pública do Rio obteve uma liminar que proibiu Vicente Piragibe de receber novos presos. Na época, o presídio comportava 1.444 detentos, mas uma inspeção da Defensoria identificou 2.268 presos no local, quase o dobro da capacidade máxima.  

continua após publicidade