Geral

Base da guarda municipal é atacada em São José; suspeito fica ferido

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 4 de fevereiro (Folhapress) - A base da Guarda Municipal de São José, em Santa Catarina, foi atacada por volta das 21h de ontem. Esta foi a quinta noite seguida de atentados em Santa Catarina. Segundo a Polícia Militar, dois homens em uma moto teriam passado e atirado contra a base diversas vezes. Dois guardas municipais, que estavam no local na hora do crime, conseguiram escapar do ataque. Um dos guardas revidou e conseguiu acertar um suspeito, que ficou ferido na perna. O homem foi levado ao Hospital Regional de São José. Onda de violência Anteontem foi registrada a primeira morte desde o reinício dos ataques. Um suspeito foi morto pela Polícia Militar em Joinville. Desde a noite da última quarta-feira, quando a onda de atentados recomeçou, a PM de Santa Catarina registrou 43 ocorrências em 14 municípios. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, cerca de 20 pessoas já foram detidas no período. O homem morto na madrugada de sábado estava em uma moto com um comparsa disparando tiros para o alto em uma das principais avenidas da cidade, por volta das 3h10, segundo a PM. Um policial que dirigia no local avistou os suspeitos e chamou reforços. Ao abordarem a motocicleta em outra rua, o criminoso sacou a arma. A polícia reagiu, matando o suspeito, de 22 anos. Com ferimentos leves, o acompanhante foi preso.  

continua após publicidade