Geral

Atentado suicida mata pelo menos 31

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 2 de fevereiro (Folhapress) - Pelo menos 31 pessoas morreram, incluindo 11 civis, em um atentado suicida reivindicado pelos talibãs contra um posto de controle do exército no noroeste do Paquistão hoje.

Fontes de segurança afirmaram que ao menos 12 militantes e nove oficiais e civis foram mortos no confronto. Dois corpos tinham cintos com bombas, disse um oficial.

O atentado aconteceu 240 quilômetros ao sul de Peshawar, em uma região instável próxima das zonas tribais onde os talibãs estão refugiados.

O Talibã do Paquistão assumiu a responsabilidade pelo ataque, afirmando que a ação foi motivada em resposta a ataque de drone dos Estados Unidos no Waziristão Norte no mês passado, que resultou na morte de dois comandantes.

As zonas tribais, que têm certa autonomia, são um refúgio para os talibãs, que lutam no Afeganistão contra a coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos.

Segundo o governo paquistanês, os ataques no país deixaram pelo menos 35 mil mortos desde os atentados de 2001 em Nova York e Washington, que desencadearam a intervenção dos Estados Unidos no Afeganistão.
 

continua após publicidade