Geral

Às vésperas do Carnaval, liga de samba é alvo de ação policial

Da Redação ·

RIO DE JANEIRO, RJ, 31 de janeiro (Folhapress) - Às vésperas do Carnaval, a Corregedoria da Polícia Civil do Rio de Janeiro cumpre hoje mais de dez mandados de busca e apreensão nos escritórios da sede da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba), no centro da cidade. A ação, que tem o objetivo de combater a cúpula do jogo do bicho, se estende até Niterói e Baixada Fluminense. Por volta das 9h, não havia informações de apreensões ou presos. Policiais chegaram às 6h na casa de Aílton Guimarães Jorge, o capitão Guimarães, apontado como contraventor, em Niterói, região metropolitana. Segundo a assessoria da Polícia Civil, a ação é um desdobramento da operação Dedo de Deus, que prendeu 60 pessoas, em dezembro de 2011 -por envolvimento com o jogo do bicho. Também participam das buscas a Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas) e a Core (Coordenadoria de Recursos Especiais).  

continua após publicidade