Geral

Transparaná completa terceiro dia de prova em Ivaiporã

Da Redação ·
Transparaná completa terceiro dia de prova em Ivaiporã
fonte: Ivan Maldonado
Transparaná completa terceiro dia de prova em Ivaiporã

Chegou na tarde de ontem (22), em Ivaiporã, o comboio do Transparaná Troller 2013, finalizando o terceiro dia da competição. No trajeto Campo Mourão-Ivaiporã, os competidores percorreram 200 quilômetros em 6 horas de prova. A competição, promovida pelo Mundo Nav Eventos em parceria com o Jeep Clube de Curitiba, está sendo disputada nas categorias Master, Graduados, Jeep e Junior, além da categoria Adventure (Turismo).

De acordo com o coordenador geral da competição Alex Kolling, o desafio para chegar à vitória é estabelecer a melhor regularidade ao longo da prova, cumprindo às médias de velocidade determinadas pela organização, em um itinerário totalmente desconhecido.

Ele disse ainda, que a etapa de ontem foi a mais difícil até agora. “Exigiu muito de pilotagem e navegação, principalmente, nas proximidades de Quinta do Sol e Fênix”. Ele também agradeceu o apoio da população ivaiporaense. “Estamos fomentando um novo esporte aqui na cidade e com apoio da prefeitura, com certeza, traremos estruturas maiores e melhores nos próximos anos”, diz.

O prefeito Carlos Gil (PMDB) falou da importância do evento para a cidade e disse que vai continuar apoiando o esporte. “É um rali de caráter estadual, que recebe pilotos de vários estados, além de movimentar o comércio, divulga também o nome da cidade”. Segundo ele, embora a etapa aconteça apenas num dia na cidade, a movimentação é durante quase toda a semana. “O pessoal da organização já está aqui desde segunda-feira e acaba beneficiando, hotéis, restaurantes o comércio em geral”.

Marco Aurélio Rosa, presidente da Associação Gaiola Clube Ivaiporã que acompanhou a chegada dos competidores em Ivaiporã diz que o evento trouxe muita alegria para os aficionados neste tipo de esporte. Além disso, a competição é importante para Ivaiporã, pois além de divulgar o esporte e o município movimenta também comércio local. “Foi muito bacana, pois o evento tem competidores do Brasil inteiro e pudemos trocar informações e conhecer melhor a modalidade”, diz Rosa.

Outra atração do evento foi a picape “Big Foot”, um veículo de grandes proporções capaz de passar por cima de diferentes estruturas e barreiras, que percorreu a cidade em carreata acompanhada pelos gaioleiros locais.

REGULARIDADE
A competição iniciou na segunda-feira (21), na cidade de Guairá e encerraram a primeira etapa na cidade de Umuarama. No segundo dia o trajeto percorrido foi de Umuarama a Campo Mourão. Ontem durante a etapa de Ivaiporã eles percorreram cerca de 80% dentro de canaviais, plantações de soja, milho, reflorestamento de eucalipto, com muitas erosões e curvas.

A dupla da capital paulista Paulo Roberto, o Caveira e o navegador Fabiano Bonafé tiveram problemas na caixa de transferência e abandonaram a prova mais cedo. “A prova é muito dinâmica, rápida e se bobear, pode esquecer. Mas, a gente se diverte muito”, assinala o navegador Bonafé. Ele também parabenizou a paisagem agrícola da região. “Passamos em muita soja, milho, cana. Região muito legal, bem cultiva, bem preparada faz bem para os olhos da gente”.

De acordo com o piloto apucaranense Otávio Enz, o Marreco, a competição é muito difícil, mas apesar disso, o objetivo é chegar entre os primeiro no final do rally. “Estamos tendo uma prova muita justa, onde piloto e navegador não podem nem piscar, senão corremos o risco de não chegar no final”. Marreco tem como navegador Gustavo Schimidt.
Hoje, o destino dos competidores é a cidade de Prudentópolis. Na sexta-feira (25), o comboio segue para Curitiba e no sábado (26) para Caiobá, onde acontece o encerramento do evento.

continua após publicidade