Geral

Lídia Mattos morre aos 88 anos no Rio

Da Redação ·
Lídia Mattos morre aos 88 anos no Rio
fonte: dignow.org
Lídia Mattos morre aos 88 anos no Rio

SÃO PAULO, SP, 22 de janeiro (Folhapress) - Morreu hoje, aos 88 anos, a atriz Lídia Mattos. Ela estava internada no Hospital Espanhol, no Rio, devido a uma trombose na perna. Lídia também teve pneumonia.

A atriz chegou a ficar hospitalizada por cerca de dez dias em dezembro, mas foi liberada pelos médicos. Após uma semana em casa, retornou ao hospital.

Lídia Mattos começou sua carreira artística bem jovem, no rádio. Participava do programa infantil "Beatriz Roquete Pinto". Depois, tornou-se atriz de radionovelas. Cantou na Rádio Cruzeiro do Sul e depois foi para a Rádio Nacional, que era a mais importante emissora brasileira da época.

Trabalhou nas rádios Cruzeiro do Sul e na Rádio Nacional. Na Rádio Mayrink Veiga, conheceu o ator e apresentador Urbano Lóes, com quem se casaria.

Em 1953, ela transferiu-se para a TV Tupi, onde apresentou a gincana "Teletestes Lutz Ferrando".

Mais tarde, Lídia Mattos atuou na novela "Assim na Terra Como no Céu", de Dias Gomes, que foi ao ar na TV Globo em 1970. Ela participou, ainda, de "A Próxima Vítima" (1995), "O Bem Amado" (1973) e "Selva de Pedra" (1972), entre outras.


No cinema, a artista recebeu um prêmio como Melhor Atriz Coadjuvante no Festival de Gramado pelo filme "Eu Não Conhecia Tururu", em 2000.

Lídia Mattos era mãe da atriz e cineasta Dilma Lóes e avó da também atriz Vanessa Lóes. Ela deixa mais três filhos, outros seis netos e três bisnetos.

O corpo será velado no Cemitério São João Batista, zona sul da cidade, a partir das 13h. O sepultamento será às 16h.
 

continua após publicidade