Geral

Diferentes ataques deixam ao menos dez mortos

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 31 de dezembro (Folhapress) - Uma série de explosões deixou ao menos dez mortos e mais de 40 feridos hoje no Iraque, de acordo com a polícia.

Três bombas instaladas próximas a casas explodiram na cidade de Al Musaieb, a 40 quilômetros da capital iraquiana, o que causou a morte de sete pessoas e feriu outras cinco. Os mortos eram da mesma família.

Na cidade de Al Hilla, capital da província de Babel, um peregrino xiita morreu e outros três foram feridos pela explosão de um carro-bomba nas proximidades de uma mesquita. Além disso, três peregrinos que iam para a cidade de Karbala foram feridos pelo impacto de uma bomba em uma área de Al Latifeya, ao norte de Babel.

Os fiéis iam participar da celebração da festividade xiita de Al Arbain, que lembra o fim dos 40 dias de luto pela morte no ano 680 do imã Hussein, neto do profeta Maomé.

Outros dez peregrinos e cinco membros das forças de segurança ficaram feridos quando um carro-bomba explodiu perto da cidade de Al Janes. Outro carro-bomba explodiu no centro de Al Hilla durante a passagem da patrulha em que se deslocava o governador de Babel, Mohammed al Masaudi, que saiu ileso do ataque, apesar de três de seus guarda-costas terem ficado feridos.

Na província de Diyala, um membro dos chamados Conselhos de Salvação (milícias pró-governo), a mulher e dois filhos morreram na explosão de uma bomba dentro de casa, em Balad Ruz. Na mesma província, homens armados atacaram a casa de um conselheiro para a reconciliação, identificado como Khaled al Loguebi, mataram um de seus guarda-costas e feriram outros dois.
 

continua após publicidade