Geral

Fatos que marcaram 2012 em Apucarana e região

Da Redação ·

O ano de 2012 foi marcado por fatos antológicos em Apucarana e região. Na política, o Partido dos Trabalhadores (PT) conquistou a prefeitura de Apucarana pela primeira vez na história, com eleição do médico Beto Preto, que obteve 31.647 votos (44,71% do total). Em Arapongas, o padre Antônio José Beffa (PHS) foi eleito prefeito com 29.847 votos. Já a prefeita eleita de Cambira, Neuza Bellini (PSDB), teve o registro cassado por suposta compra de votos.

continua após publicidade

Em Califórnia, a prefeita eleita Ana Lúcia Mazetto (PSDB) foi alvo de atentado a tiros poucas semanas após a eleição. Um homem efetuou 15 tiros de pistola nove milímetros na direção da prefeita, mas nenhum projétil atingiu Ana Lúcia. Pouco mais de um mês após o atentado, um suspeito de ter envolvimento no crime foi preso pela polícia na área central de Apucarana.

Já o presidente da Câmara de Apucarana, Alcides Ramos Júnior (DEM), foi o vereador mais votado nas últimas eleições, com 2.613 votos, mas teve a prisão preventiva decretada após investigações do Ministério Público sobre possíveis irregularidades no Legislativo Municipal. Depois disso, ele renunciou ao atual mandato.

continua após publicidade

Alcides encontra-se foragido e poderá ter o mandato a inciar-se em 2013 cassado, pois outra investigação do Ministério Público está em curso sobre possível crime eleitoral por suposto abuso do poder econômico por parte do ex-presidente da Câmara de Apucarana.

Já a malha rodoviária da região foi contemplada com uma melhoria significativa, com a liberação para tráfego no primeiro trecho duplicado da BR-376, a Rodovia do Café, entre o distrito do Pirapó e a cidade de Cambira.

No área de segurança, a polícia da região ganhou reforço operacional com a disponibilização de helicóptero do Grupamento Aeropolicial e Resgate Aéreo (Graer), que fez diversos salvamentos e deu apoio logístico em várias operações policiais em Apucarana, Arapongas e no Vale do Ivaí, inclusive em ação para colocar fim à rebelião com refém no minipresídio de Apucarana.

continua após publicidade

Em Arapongas, a Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (SESTRAN) viabilizou o porte de arma de fogo para 48 guardas municipais, além de disponibilizar mais 20 câmeras de videomonitoramento, colocadas em diversos pontos estratégicos da cidade.

Greves e mobilizações dos bancários, do pessoal da UTFPR e dos Correios foram marcadas em 2012 por atos de protesto nas ruas de Apucarana e das principais cidades da região, dividindo opiniões.

No setor de trânsito, as estatísticas relativas a mortos e feridos em acidentes apontam para uma triste realidade. Em Arapongas o número de mortos em ocorrências no perímetro urbano bateu recorde e em Apucarana vários jovens, principalmente motociclistas, perderam a vida de forma trágica. Em Ortigueira, três servidores do Tribunal de Justiça do Paraná morreram em colisão de veículos na BR-376, quando retornavam para Curitiba após a instalação da 2ª Vara Cível em Arapongas.

continua após publicidade

A suposta distribuição irregular de medicamentos, incluindo morfina, levou o Ministério Público (MP) a realizar apreensões de documentos e outros itens na Autarquia Municipal de Saúde de Apucarana (AMS). Cumprimento de mandado de busca e apreensão de documentos ocorreu ainda no escritório da Sanepar em Apucarana e várias outras cidades do Estado, por suposto crime ambiental. Diversas apreensões de produtos piratas produzidos em Apucarana registradas ao longo de 2012 também chamaram a atenção neste ano que termina.

Um empresário e um contador de Apucarana foram detidos pelo Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) por possível envolvimento em suposto esquema de venda de uniformes escolares superfaturados para a Prefeitura de Londrina. Em Jandaia do Sul, a polícia resgatou um bebê que havia sido adotado irregularmente através de contato pela internet e levado para o Estado do Mato Grosso do Sul. 

Em Apucarana, as apreensões de drogas realizadas com apoio do Denarc, principalmente o devastador crack, bateram recorde e diversas pessoas apontadas como chefes de esquemas para a comercialização de entorpecentes foram presas. Nem o Exército escapou da mira dos criminosos. Em Apucarana, um fuzil foi roubado no 30º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz) e recuperado pouco depois. O fato teve repercussão nacional.

No esporte, o destaque foi a conquista da Libertadores da América e do Mundial de Clubes pelo Corinthians. Quando o time do Parque São Jorge ganhou pela primeira vez o título da Libertadores, uma multidão de corintianos saiu às ruas de Apucarana para festejar a conquista até altas horas da madrugada.

E por último, a profecia Maia dando conta que o fim do mundo supostamente ocorreria em 21 de dezembro de 2012 rendeu filmes, programas de televisão e muito debate e polêmica.  Mas o mundo não acabou...