Geral

Queima de fogos em Copacabana deve ser acompanhada por 12 transatlânticos

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 28 de dezembro (Folhapress) - Cerca de 12 transatlânticos e 250 barcos menores estarão ancorados no mar da praia de Copacabana, na zona sul do Rio, para assistir à queima de fogos, que durará 16 minutos, como nos últimos anos - 24 toneladas de fogos de artifício estarão em 11 balsas no mar. As informações são da Agência Brasil. A estimativa é da Capitania dos Portos do Rio, que se reuniu hoje com o Corpo de Bombeiros, a prefeitura e as empresas responsáveis pelo show, para acertar os últimos detalhes da festa na praia. Cerca de 2 milhões de pessoas devem acompanhar a queima de fogos em Copacabana. De acordo com a Capitania dos Portos, cada um dos barcos que ficarão na orla será inspecionado antes de deixar as marinas e os clubes. Entre os pontos que serão verificados pela Marinha estão o excesso de lotação, a habilitação do condutor e as condições do material de salvamento. Na tarde de hoje, a Capitania dos Portos fez uma inspeção prévia nas balsas que ficarão ancoradas na orla e serão responsáveis pela queima de fogos. A partir de amanhã, começa o processo de instalação das poitas (âncoras) que ajudarão a fixar as embarcações nas orlas de Copacabana e do Flamengo, no Rio, e de Icaraí, em Niterói. As balsas, no entanto, só saem para o mar no próprio dia 31, segundo a Capitania dos Portos. Shows em quatro palcos As atrações do Réveillon de Copacabana estarão espalhadas em quatro palcos ao longo da praia. O principal deles fica em frente ao hotel Copacabana Palace e terá shows de Beth Carvalho, O Rappa e do DJ David Guetta, entre outros. Para atender ao público, a prefeitura instalará seis postos médicos com um total de 67 leitos e 65 médicos, além de 300 banheiros químicos. A segurança ficará a cargo de 1.688 agentes, entre guardas municipais e de trânsito - um efetivo 20% maior do que o da última virada; haverá ainda 20 reboques.  

continua após publicidade