Geral

Donizette anuncia petista para secretariado

Da Redação ·





Por Marília Rocha

CAMPINAS, SP, 27 de dezembro (Folhapress) - Após vencer o PT no segundo turno das eleições deste ano, o prefeito eleito de Campinas, Jonas Donizette (PSB), indicou hoje um petista para a Secretaria de Trabalho e Renda de sua gestão.

O vereador reeleito Jaírson Canário (PT) foi confirmado em anúncio de Donizette, que também apontou seu sobrinho Michel Ferreira (PSB) para chefe de gabinete e outros três secretários e cinco presidentes de autarquias.

Resta agora apenas uma vaga em aberto no secretariado (a pasta de Assistência Social), que conta também com quatro nomes do PSDB.

A nomeação de Canário deve intensificar a crise no PT de Campinas, que há duas semanas optou por não integrar o governo de Donizette.

PT e PSB se enfrentaram nas eleições de outubro em municípios importantes, como Campinas, Belo Horizonte e Recife, mas desde então sustentam que continuam aliados em âmbito nacional.

Segundo o presidente do PT municipal, Ari Fernandes, Canário ainda pode apresentar uma defesa ao partido, mas após a nomeação oficial será aberto procedimento interno e ele ficará suspenso por 60 dias para que a comissão de ética da legenda analise o caso. Ele pode ser expulso da sigla.

"Até o fim tentei conversar com ele, mas não teve jeito", disse Fernandes.

Para Donizette, a nomeação do petista integra uma composição "coerente" de governo, já que ele mesmo fez parte da base do governo federal na Câmara dos Deputados. "Acho que seria contraditório ter uma posição em Brasília e outra em Campinas", disse.

Segundo o prefeito eleito, as conversas para nomeação do petista ocorreram com uma ala do partido, e o fato de Canário ter histórico de proximidade com movimentos sociais da periferia de Campinas também pesou. "Meu governo terá feição popular e o Canário vem dar contribuição para isso."
 

continua após publicidade