Geral

Publicidade volta às ruas com novos pontos de ônibus

Da Redação ·

Por Evandro Spinelli SÃO PAULO, SP, 27 de dezembro (Folhapress) - A propaganda começou a voltar às ruas de São Paulo. Foi instalado, ao lado do Theatro Municipal, o primeiro dos 7.500 novos abrigos em pontos de ônibus, nos quais a publicidade será permitida. O contrato prevê que 6.500 abrigos serão instalados num período de três anos. Os demais serão colocados até o final do contrato, em 2027. A instalação é responsabilidade do consórcio Pra SP, que venceu a licitação em outubro. O consórcio é formado pela Odebrecht, TV Bandeirantes, Kalitera Engenharia e o grupo Ruas, dono também de empresas de ônibus. Para ter o direito de explorar a propaganda nos novos abrigos, o consórcio pagará R$ 167 milhões à prefeitura - R$ 40 milhões serão depositados até fevereiro. No primeiro abrigo, a propaganda é da própria prefeitura. Mas o consórcio Pra SP poderá vender a publicidade para qualquer empresa - é vetada apenas propaganda de cigarros e bebidas. A cidade também terá 1.000 novos relógios digitais de rua com propaganda. Neste caso, o responsável é o grupo francês JC Decaux em sociedade com a brasileira Publicrono, que precisa começar a substituir os relógios atuais até o fim de janeiro.  

continua após publicidade