Geral

Justiça decreta prisão de brasileira suspeita de matar os dois filhos

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 25 de dezembro (Folhapress) - A Justiça de Portugal decretou ontem a prisão preventiva da brasileira Kely Oliveira Santos, 32, suspeita de ter provocado o incêndio que matou seus dois filhos no último dia 17 em Alenquer (47 km de Lisboa).

Kely foi presa anteontem após ser reconhecida pedido carona a um motorista na região de Vila França de Xira.

A brasileira foi interrogada pela Polícia Judiciária na tarde de ontem. Ao sair do tribunal, foi hostilizada por pessoas que estavam do lado de fora, segundo informações do jornal português o "Público".

De acordo com o jornal, a imigrante brasileira teria ligado, na noite do dia 20, para a sogra, contando que matara os dois filhos - de um e três anos.

Em declarações a televisões locais, moradores de Alenquer afirmaram que a mãe das crianças quase não saía de casa e que o marido dela é da mesma região.

As duas crianças tiveram parada cardíaca devido à inalação de fumaça e morreram, segundo o Corpo de Bombeiros.

Procurado pela reportagem, o Itamaraty disse que ainda está apurando o caso.
 

continua após publicidade