Geral

Avião não tripulado mata seis membros da Al-Qaeda

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 24 de dezembro (Folhapress) - Seis membros da rede Al-Qaeda, inclusive um jordaniano, foram mortos hoje em dois ataques de aviões sem piloto, provavelmente americanos, no Iêmen, informaram responsáveis locais.

O primeiro ataque ocorreu em Al-Manasseh, na província de Ba da, 170 km a sudeste de Sanaa, onde "o drone atingiu um veículo matando um iemenita e um jordaniano, ambos membros da Al-Qaeda", declarou um responsável que pediu para não ser identificado.

Outros três combatentes da Al-Qaeda que estavam no carro ficaram feridos no ataque, revelaram fontes tribais.

Uma fonte dos serviços de segurança identificou o iemenita morto como Abdullah Hussein al-Waëli, membro da Al-Qaeda foragido de uma prisão de Sanaa há dois anos.

Outros quatro membros da Al-Qaeda morreram com três mísseis disparados contra três motos na cidade de Chehr, na província oriental de Hadramout, segundo um dirigente local.

O dirigente, que pediu para não ser identificado, disse que os três mísseis foram disparados por um "drone [avião não tripulado] americano" contra o centro da cidade situada a leste de Moukalla, capital de Hadramout.
 

continua após publicidade