Geral

PM prende moça por porte ilegal de arma em Marilândia do Sul

Da Redação ·
continua após publicidade

Uma moça de 20 anos foi presa pela Polícia Militar (PM) na madrugada deste sábado (22), em Marilândia do Sul, por porte ilega de arma de fogo. A detenção aconteceu minutos após ela denunciar o ex-namorado à polícia por suposta ameaça.

Conforme a PM, ela foi até o plantão da delegacia e afirmou que havia sido ameaçada de morte pelo ex. A moça disse aos policiais que o rapaz teria apontado uma arma calibre 22 para a sua cabeça e dito que a mataria.

A caminho do estádio municipal - local onde o suposto agressor estaria -  a equipe da PM foi abordada pelo pai do suspeito, que apresentou uma versão diferente do fato, na qual seu filho seria de fato a vítima.

Ele contou que a jovem foi quem procurou pelo seu filho no Estádio Municipal e, armada com um revólver, o ameçaou de morte. A arma - um revólver calibre 22 da marca Rossi municiado com cinco cartuchos intactos - foi entregue por ele à equipe da PM.

Ao ser interrogada, a jovem confessou ser a dona da arma e confirmando a versão do pai do rapaz de que era a autora da ameaça de morte e não a vítima. A moça foi levada à Delegacia de Marilândia do Sul para os procedimentos legais.