Geral

Justiça determina bloqueio de bens de Barbosa Neto

Da Redação ·
Justiça determina bloqueio de bens de Barbosa Neto
fonte: Arquivo
Justiça determina bloqueio de bens de Barbosa Neto

A Justiça de Londrina determinou o bloqueio de bens de 19 empresários e agentes públicos, entre eles o prefeito cassado Barbosa Neto (PDT). Além dele, o vice-prefeito José Joaquim Ribeiro e cinco ex-secretários municipais: Karin Sabec (Educação), Marco Cito (Gestão Pública), Fábio Reali (CMTU e Gestão Pública), Fidelis Canguçu (ex-procurador do município) e Lindomar dos Santos (Fazenda).

continua após publicidade
confira também

A determinação atende pedido do Ministério Público do Paraná que os acusa de improbidade administrativa na compra de uniformes escolares na gestão de Barbosa Neto, que teria causado um prejuízo de R$ 9,42 milhões aos cofres públicos de Londrina. O grupo é acusado de receber propina para a escolha dos uniformes.

O bloqueio é de R$ 5,1 milhão referente aos preços dos uniformes e do pagamento da propina. A determinação é uma forma de garantir que os acusados devolvam os recursos em caso de confirmada a acusação.


As informações são do G1/PR