Geral

Equipe de TV americana é libertada

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 18 de dezembro (Folhapress) - O jornalista americano Richard Engel, 39, do canal de TV NBC, e sua equipe de produção foram libertados na Síria ontem. O grupo não mantinha contato desde quinta passada, quando entrou em território sírio pela fronteira com a Turquia. O país vive desde março do ano passado um confronto entre forças leais ao regime de Bashar Assad e rebeldes que exigem a renúncia dele. Na primeira entrevista após a soltura, Engel disse ter uma "boa ideia" de quem eram os sequestradores e acusou militares pró-regime. "Era um grupo conhecido como shabiha. É uma milícia do governo. São leais ao presidente Assad", disse Engel à NBC. "Foi uma experiência muito traumática", disse Engel, que ainda está na capital da Turquia. Ele contou que não sofreu espancamento, mas tortura psicológica, que incluiu ameaças de morte e tiros. Conforme nota publicada no site da NBC, os americanos seguiam vendados a bordo de um veículo para um local desconhecido quando dois dos algozes foram assassinados, em uma blitz rebelde. O grupo foi solto na sequência. Nunca houve pedido de resgate, ainda segundo a emissora. Os nomes dos outros sequestrados não foram informados.  

continua após publicidade