Geral

Sul do país também foi afetado por apagão

Da Redação ·

BELO HORIZONTE, MG, 16 de dezembro (Folhapress) - O apagão que atingiu ontem dezenas de municípios de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro também deixou moradores do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina sem luz, segundo distribuidores de energia nesses Estados. No Rio Grande do Sul, ao menos 712 mil clientes ficaram sem luz entre o final da tarde e o início da noite, de acordo com as três empresas responsáveis pela distribuição de energia no Estado. Em Santa Catarina, a Celesc, responsável pela distribuição em mais de 90% do território do Estado, informou que várias cidades tiveram interrupção, mas não soube dizer quantos clientes foram afetados. De acordo com o ONS (Operador Nacional do Sistema), o apagão ocorreu devido a uma falha no sistema interligado de energia do país. A falha foi detectada às 17h43 e acionou um sistema de segurança que reduziu o fornecimento de energia para as distribuidoras. Com isso, cada empresa teve de reduzir a carga, fazendo cortes seletivos de abastecimento para evitar que todo o sistema fosse desligado. Em São Paulo, 1,5 milhão de clientes ficaram sem energia em dez cidades, segundo a Eletropaulo. Na capital, faltou luz em 20 bairros, entre os quais Mooca, Tatuapé, Santo Amaro, Ipiranga, Guaianazes, Capão Redondo, Saúde e São Mateus. A energia também foi interrompida nos municípios de São Bernardo do Campo, Diadema, Itapecerica da Serra, Itapevi, Juquitiba, Cajamar, Santana do Parnaíba, Jandira e Taboão da Serra. Segundo o ONS, o fornecimento foi interrompido por dois minutos, mas o religamento foi demorado. De acordo com a Eletropaulo, só às 20h21 a energia foi completamente restabelecida no Estado de São Paulo. Rio No Rio, além da capital, 26 cidades foram atingidas, incluindo Niterói, São Gonçalo, Magé, Duque de Caxias, Mesquita, Três Rios, Nova Iguaçu, Seropédica e Belford Roxo. Só essa última ainda estava sem energia por volta das 22h, segundo a Light. Em Minas Gerais, segundo a Cemig, cidades do Norte do Estado ficaram sem energia por cerca de duas horas, entre 17h55 e 20h. O fornecimento na capital não foi afetado. O ONS afirmou que está apurando os motivos da falha no sistema. A autoridade descartou excesso de consumo, uma vez que, segundo o ONS, sábados são dias de menor demanda. Procurada, a Aneel afirmou que não vai comentar o caso neste momento. A reportagem não conseguiu contato com o Ministério das Minas e Energia.  

continua após publicidade