Geral

Dona Canô é internada com isquemia em Salvador

Da Redação ·

Por Nelson Barros Neto SALVADOR, BA, 16 de dezembro (Folhapress) - Claudionor Vianna Telles Velloso, 105, a Dona Canô, está internada no Hospital São Rafael, em Salvador, após sofrer uma isquemia transitória - os sintomas são semelhantes aos de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), devido à falta de sangue em uma região do cérebro. Mãe dos músicos Caetano Veloso e Maria Bethânia, Dona Canô chegou ao hospital em estado grave por volta das 9h30 de ontem. "Hoje teve uma ligeira melhora e tem um quadro estável", disse Mabel Velloso, filha de Dona Canô. "Estamos aqui todos reunidos em paz, Graças a Deus", completou Mabel, em companhia de Caetano e Bethânia. Há duas semanas, Dona Canô esteve em um show de Bethânia no Teatro Castro Alves, na capital baiana. Em 16 de setembro, quando completou 105 anos com grande festa em Santo Amaro da Purificação (a 67 km de Salvador), onde mora, disse à reportagem não ter medo da morte. "Não tenho, não, meu filho. Acredito em Deus e sempre vivi com a minha família, com pessoas do meu lado, com a casa cheia. Acho que esse é o segredo [da longevidade]". Apesar do corpo frágil, de 45 kg e 1,60 m, Dona Canô permanece lúcida. Em 2011, foi internada em julho e agosto, por cerca de uma semana em cada uma das vezes, devido a dores na coluna e problemas respiratórios. "De um modo geral, ela parece que esqueceu que existe a morte. Acaba uma festa, já pensa na outra", afirmou Rodrigo, o filho com quem divide a casa, na época do aniversário. A matriarca da família Veloso tem sete filhos vivos (Nicinha, a mais velha, morreu em outubro passado), nove netos, seis bisnetos, mais de cem afilhados e o status de "patrimônio da Bahia", como costumava repetir o ex-senador Antonio Carlos Magalhães, morto em 2007. Ou de "amiga e exemplo", segundo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem Dona Canô tem boa relação.  

continua após publicidade