Geral

Ex-presidente passou por cirurgia e se recupera bem, diz governo

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 15 de dezembro (Folhapress) - Nelson Mandela passou por um procedimento cirúrgico para a remoção de um cálculo biliar hoje, afirmou o governo da África do Sul. Segundo um comunicado da Presidência do país, ele se recupera bem.

O ex-presidente sul-africano, 94, está internado há oito dias em um hospital perto da capital, Pretoria, segundo relatos. De acordo com a nota, os médicos queriam tratar uma infecção pulmonar recorrente antes de submetê-lo à operação, realizada por endoscopia.

"O procedimento foi bem-sucedido e Mandiba está se recuperando", diz a nota, tratando Mandela por seu nome de clã, como um sinal de afeição.

Nos últimos dias, autoridades do governo parecem ter feito afirmações desencontradas acerca da saúde do líder político.

Nosiviwe Mapisa-Nqakula, o ministro da Defesa, havia dito na segunda que Mandela se encontrava no 1 Military Hospital, mas jornalistas negaram, na quinta, que ele estivesse lá. O governo se recusou, então, a informar sua localização, o que levantou receios sobre seu real estado de saúde.

Saúde

Mandela tem um histórico de problemas pulmonares. Ele teve tuberculose em 1988, no final do período de 27 anos em que esteve preso. Médicos disseram, na época, que a doença não havia causado danos permanentes ao organismo do paciente, mas especialistas argumentaram que a tuberculose pode provocar problemas detectáveis apenas anos após a infecção.

Uma infecção respiratória abateu Mandela em janeiro de 2011, época em que os militares passaram a zelar pela saúde do líder e se responsabilizar pela divulgação de seu estado físico.
 

continua após publicidade