Geral

Soldado inglês se torna primeiro sikh a usar turbante em Buckingham

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 11 de dezembro (Folhapress) - O soldado inglês Jatenderpal Singh Bhullar, 25, se tornou o primeiro em 180 anos a participar da cerimônia da troca da guarda no palácio de Buckingham, em Londres, usando um turbante no lugar do tradicional chapéu.

O membro da guarda escocesa escolheu o acessório por ser sikh -- adepto do sikhismo, religião monoteísta originária do Punjab, região atualmente dividida entre Paquistão e Índia, que considera o turbante sagrado.

Bhullar também se distingue de seus colegas pela barba, que não é cortada pelos sikhs. O soldado se declarou "muito orgulhoso de ser um membro da Divisão Domiciliar" e que "ser o primeiro sikh montar guarda com o turbante é uma grande honra para mim".

Cerca de 50 familiares do soldado, nascido em West Bromwich, no interior da Inglaterra, assistiram à cerimônia em Londres. Diversos outros guardas de sua religião já serviram em Buckingham anteriormente, mas nenhum havia usado o turbante.
 

continua após publicidade