Geral

União Europeia aprova ida de militares para missão de treinamento

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 10 de dezembro (Folhapress) - A União Europeia aprovou hoje planos de enviar cerca de 250 militares ao Mali para fornecer treinamento ao Exército do país como ajuda na luta contra islamitas que tomaram o controle de áreas do norte do território.

A força, que não deve participar dos combates diretos com as tropas malinesas, é parte de um amplo esforço internacional contra os extremistas, já que a comunidade internacional teme que o país se torne base para ataques terroristas ao Ocidente e seus aliados.

Os soldados de países do bloco europeu deverão fornecer treinamento básico para quatro batalhões do Exército de Mali, ou cerca de 2.600 militares, em centros a 250 km ao norte da capital do país, Bamako.

As lideranças islamitas do norte têm atraído redes terroristas, em especial membros da Al Qaeda, que têm recrutado centenas de locais, incluindo crianças.

Líderes africanos também têm buscado apoio da ONU para enviar uma força composta por tropas da África Ocidental, com até 4.000 soldados para o Mali. O chefe da missão de paz da organização, Hervé Ladsous, no entanto, já descartou que uma operação desse porte venha a acontecer antes de 2013.
 

continua após publicidade