Geral

Denúncias de violação a direitos dos idosos triplicam em 2012

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 10 de dezembro (Folhapress) - As denúncias de violação a direitos humanos dos idosos registradas pelo Disque 100 entre janeiro e novembro deste ano aumentaram 199%, na comparação com o mesmo período de 2011. De acordo com o balanço divulgado hoje pela SDH (Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República), esses casos saltaram de 7.160 no ano passado para 21.404 em 2012. As informações são da Agência Brasil.

A ministra da SDH, Maria do Rosário, disse que a triplicação dos casos pode ser explicada, em parte, pela introdução recente desse tipo de registro no sistema. Somente a partir de 2011 é que o Disque 100 passou a contabilizar as denúncias de violação de direitos humanos dos idosos. "Com isso, passamos a ter um levantamento de questões que não tínhamos anteriormente", disse.

De acordo com a ministra , a situação dos idosos no país exige uma atenção especial porque, diferentemente do que ocorre em relação às crianças, que contam com o apoio dos conselhos tutelares, os idosos não têm uma rede especializada de assistência.

"Estamos trabalhando para fomentar mais delegacias especializadas e o apoio por meio dos sistemas de assistência social. Uma vez que não temos uma rede de conselhos como temos para crianças, devemos ter uma rede protetiva por meio das polícias [que devem ficar] mais atentas, [de serviços] sócio assistenciais e de saúde", explicou.

Maria do Rosário enfatizou que a questão é agravada porque, na maioria das vezes, as violações de direitos dos idosos são denunciadas por terceiros. "Em geral, elas são praticadas por parentes e a tendência é que os idosos queiram protegê-los", acrescentou. Ao todo, o Disque 100 recebeu, de janeiro e a novembro deste ano, 155.336 denúncias - 77% a mais do que no mesmo período de 2011 (87.764).
 

continua após publicidade