Geral

Funcionária do governo afegão é morta em ataque

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 10 de dezembro (Folhapress) - Homens armados não identificados mataram a tiros uma funcionária do governo do Afeganistão hoje, informaram autoridades do leste do país, cinco meses depois de sua antecessora ter sido morta em um ataque a bomba. Nadia Sediqqi, chefe interina do Departamento de Assuntos das Mulheres na Província de Laghman, foi morta enquanto seguia para o trabalho na capital provincial Mehtar Lam, disse Sarhadi Zewak, porta-voz do governo local. Em comunicado, o presidente Hamid Karzai condenou a morte de Sediqqi como um ataque terrorista. Sediqqi havia substituído Hanifa Safi, morta em julho por um carro-bomba, que sua família atribuiu ao Taleban. Ataques Também nesta segunda o chefe de polícia da Província de Nimroz, no oeste do Afeganistão, morreu após um atentado a bomba. O veículo do general Mohammad Musa Rasoli foi atingido quando ele estava a caminho do trabalho, segundo um oficial da polícia. Ele foi seriamente ferido e morreu no hospital para onde foi levado. Nenhum grupo assumiu imediatamente a responsabilidade pelos ataques.  

continua após publicidade