Geral

Tremor de magnitude 7,3 atinge nordeste do país

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 7 de dezembro (Folhapress) - Um terremoto de magnitude 7,3 atingiu hoje o nordeste do Japão, mesma região atingida em março de 2011 por um tremor de magnitude 9, que provocou um tsunami e destruiu várias cidades.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que monitora abalos sísmicos em todo o mundo, o tremor foi registrado por volta das 17h18 locais (6h18 em Brasília) no mar, próximo a Miyagi e a 10 km de profundidade.

Após o tremor, a prefeitura de Miyagi emitiu um alerta de tsunami local, com ondas de até dois metros de altura. Segundo a emissora local NHK, a primeira onda a atingir a região chegou à cidade de Ishnomaki às 18h02 (7h02 em Brasília), com um metro de altura.

Na capital Tóquio, prédios precisaram ser esvaziados durante o tremor. Mesmo com a potência do abalo, não há registros até o momento de feridos ou danos graves no país.

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico também informou que não há risco de tsunami em outros países da região. A Tepco, empresa que controla as centrais nucleares japonesas, disse que nenhum dos reatores do país foi afetado, incluindo os da usina de Fukushima, que sofreu um grave acidente em 2011.

O risco de acidente com as usinas nucleares após terremotos é a maior preocupação dos japoneses após o abalo de 11 de março de 2011, em que 19.000 pessoas morreram ou ainda estão desaparecidas.

Na época, dois dos seis reatores de Fukushima foram atingidos por ondas gigantes, causando vazamento de material radioativo, no pior acidente nuclear após a explosão da usina de Tchernobyl, em 1986.
 

continua após publicidade