Geral

Greve cancela 21 voos entre Buenos Aires e o Brasil

Da Redação ·
Greve cancela 21 voos entre Buenos Aires e o Brasil
fonte: Arquivo
Greve cancela 21 voos entre Buenos Aires e o Brasil

SÃO PAULO, SP, 20 de novembro (Folhapress) - Uma greve das centrais sindicais da Argentina provocou o cancelamento de 21 voos hoje entre Buenos Aires e o Brasil.

A paralisação incluiu os funcionários dos aeroportos e a tripulação dos aviões das companhias argentinas, que são vinculados à CGT (Central Geral dos Trabalhadores), comandada por Hugo Moyano, opositor à presidente Cristina Fernández de Kirchner.

As viagens canceladas são das companhias Aerolíneas Argentinas (17) e LAN (4), que partem do aeroporto de Ezeiza e do Aeroparque Jorge Newbery, no centro da capital argentina. As operações das brasileiras TAM e Gol, que operam para os mesmos destinos, estão normalizadas.

As frequências da Aerolíneas Argentinas --sete do Aeroparque e quatro de Ezeiza-- serão reprogramadas para amanhã, em outros sete voos --três para São Paulo, três para o Rio e outro para Porto Alegre.

Os seis voos que deveriam sair do Brasil hoje também foram cancelados e os passageiros serão realocados em frequências de amanhã. No país, foram cancelados quatro voos que deveriam ir a Buenos Aires.

Para mais detalhes, os passageiros podem ligar para o 0810 222 86527 na Argentina ou 0800 000 5050 no Brasil.

Já a LAN teve quatro voos cancelados entre São Paulo e Buenos Aires. A companhia orienta os passageiros a remarcarem os voos pelo telefone 0810 9999 526 Argentina e 0300 788 0045 no Brasil.
 

continua após publicidade