Geral

Irmã de atacante Hulk reaparece após sequestro

Da Redação ·





Por Valmar Hupsel Filho

SÃO PAULO, SP, 6 de novembro (Folhapress) - A irmã mais nova do atacante da seleção brasileira Hulk, Angélica Aparecida Vieira, retornou para casa da família no final da manhã de hoje, quase 24 horas depois de ter desaparecido em Campina Grande (PB). Segundo a polícia, ela havia sido sequestrada.

Angélica está sendo ouvida em casa neste momento por uma equipe de delegados. A Polícia Civil ainda não sabe em que circunstância a estudante de nutrição, 22, foi libertada, como reapareceu, se estava acompanhada nem se houve pagamento de resgate.

"Por ora, o que podemos confirmar é que se tratou mesmo de um sequestro e que ela retornou bem para casa, com integridade física e emocional preservadas", disse o delegado regional da Polícia Civil de Campina Grande, Marcos Paulo Vilela.

A jovem desapareceu ontem por volta das 13 horas, no bairro de Catolé.

Ela estava no carro de Hélio Pereira, dono da empresa fornecedora de alimentos onde trabalha. Pereira disse à polícia que se ausentou por cerca de dez minutos e, quando retornou, Angélica não estava mais no veículo.

Em depoimento prestado ontem, familiares da jovem não forneceram informações sobre o sequestro. Apenas pediram que a polícia mantivesse distância do caso.
 

continua após publicidade