Geral

Mercadante diz que alunos prejudicados por chuva farão nova prova

Da Redação ·





BRASÍLIA, DF, E SÃO PAULO, SP, 4 de novembro (Folhapress) - Os alunos que foram impedidos de realizar as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) devido à forte chuva em algumas regiões do país, poderão fazê-la em dezembro, informou hoje o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Uma escola foi destelhada em Amargosa (BA) e houve queda de energia em Rio Branco (AC). Nesses casos, os alunos poderão ter uma nova chance no início de dezembro, quando a prova é aplicada a presidiários do país.

Durante os dois dias de exames, 65 candidatos que publicaram fotos em redes sociais durante as provas foram desclassificados. O edital do exame determina que, antes da prova, o participante deve guardar o aparelho celular e "outros quipamentos eletrônicos", numa embalagem plástica.

"É quase como se fossem pichadores eletrônicos. É o mesmo tipo, de querer deixar registrado a sua ousadia", disse o ministro. "Estamos buscando aperfeiçoar cada vez mais [o Enem], mas o exame aconteceu quase tudo dentro do que planejamos." "Aprendemos com as experiências anteriores", concluiu o ministro.
 

continua após publicidade