Geral

Ônibus bate e faz alunos perderem a prova do Enem em Brasília

Da Redação ·

Por Sérgio Lima e Flávia Foreque BRASÍLIA, DF, 3 de novembro (Folhapress) - José Wilson Barbosa e Leandro Alves se conheceram numa situação incômoda: o ônibus que levava os dois candidatos até o local de aplicação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), em Brasília, bateu num outro veículo. Diante do mesmo problema, os estudantes tentaram encontrar uma solução. De nada adiantou. Os candidatos demoraram a encontrar outro coletivo com o mesmo destino e chegaram pouco depois de os portões de uma escola na Asa Norte, bairro da capital, ter sido fechado. A distância entre o local do acidente e o endereço da escola é de cerca de 10 km. Morador de Ceilândia, cidade no entorno de Brasília, Barbosa disse que esta seria sua estreia na prova. Aos 27 anos, ele tem a intenção de se tornar professor de ciências. Apesar da frustração, disse que pretende se inscrever na edição do próximo ano. Leandro Alves, monitor em uma escola da capital, contou à reportagem que durante a preparação para o Enem chegou a estudar cerca de seis horas por dia. Horas antes do início da prova, o Ministério da Educação desmentiu, por meio de conta no Twitter, o boato de que a edição deste ano havia sido cancelada -o assunto foi um dos mais lidos na rede social depois de um usuário dar início ao falso boato. No primeiro dia de provas, os candidatos fazem os testes de ciências humanas e da natureza. Amanhã, responderão outras 90 questões de linguagens, códigos e matemática, além da redação.  

continua após publicidade