Geral

Imigrantes tem 15 km de lentidão; rodovia Dutra tem 13 km

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 1 de novembro (Folhapress) - Os motoristas que trafegam pelas principais rodovias do Estado de São Paulo encontram trechos de lentidão e de congestionamento na tarde de hoje, véspera do feriado de Finados. Na rodovia Imigrantes, sentido litoral sul de São Paulo, o motorista enfrenta congestionamento do km 28 ao 43, devido ao excesso de veículos. Na rodovia Anchieta, na chegada a Santos, há congestionamento do km 59 ao km 65, devido ao excesso de caminhões que desejam acessar o Porto de Santos. Devido a forte neblina, a visibilidade está abaixo de 100 metros. A Ecovias, concessionária que administra a rodovia, realiza operação comboio no trecho de serra. Há lentidão entre o km 15 e o km 18, sentido litoral. Na última hora, 5.209 veículos seguiram viagem rumo ao litoral e 2.257 no sentido capital. Das 0h de hoje até às 19h25, mais de 58 mil veículos desceram a serra e mais de 33 mil subiram rumo a São Paulo. A Cônego Domênico Rangoni, que faz ligação entre Cubatão e Guarujá está com lentidão do km 263 ao km 270, sentido Cubatão. No sentido Guarujá, o motorista encontra congestionamento do km 270 ao km 268. A rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na região da cidade Praia de Grande, está com trânsito entre o km 290 ao 292, sentido Praia Grande. Interior No trecho entre São José dos Campos e Taubaté, o motorista encontra tráfego lento entre os km 118 e o km 117 causado pelo excesso de veículos. Na região de Guarulhos (SP), na pista marginal, o motorista tem lentidão entre os km 220 e 219. Na saída de São Paulo, o motorista enfrenta congestionamento na rodovia no trecho entre o km 231 e o km 226. Na região de Guaratinguetá, o motorista encontra tráfego lento entre os km 67 e 64 devido a obras na pista. Já na Rio-São Paulo, há lentidão entre os km 163 e 166 devido ao excesso de veículos. Na rodovia Fernão Dias, na região de Betim (MG), os motoristas encontram retenção na pista Sul, sentido São Paulo, na altura do km 491,5 ao km 495,5, devido ao excesso de veículos.Na pista Norte, sentido Belo Horizonte, há retenção entre o km 479 e o km 477,2, na região de Contagem (MG). Os motoristas que trafegam pelo sistema Bandeirantes-Anhanguera enfrentam grandes congestionamentos, segundo balanço divulgado pela Autoban, concessionária que administra o sistema. Os motoristas que trafegam pela rodovia Ayrton Senna enfrentam congestionamento de 13 km, no sentido Taubaté, segundo a Ecopistas. No sentido capital, o movimento é bom. De acordo com a concessionária responsável pela via, a lentidão se estendia do km 11 ao km 24 devido ao excesso de veículos. Nas rodovias Carvalho Pinto e Hélio Smidt, sentido aeroporto de Cumbica (Guarulhos), o tráfego é tranquilo. A rodovia Bandeirantes, sentido interior de São Paulo, o motorista encontra 12 km de congestionamento. De acordo com a concessionária, o motorista enfrenta tráfego intenso entre os km 24 e km 30 na região de São Paulo. Já no trecho da região de Jundiaí (a 58 km de São Paulo), o motorista encontra lentidão entre os km 47 e km 53. Na rodovia Anhanguera, o motorista enfrenta 18 km de lentidão. O pior trecho da rodovia está entre os km 50 e km 61, na região de Jundiaí. Na região de Limeira (a 151 km de São Paulo), o congestionamento vai do km 133 ao km 138. Na região de Campinas (a 93 km de São Paulo), há tráfego intenso entre o km 86 e o km 88. Já os motoristas que trafegam rumo à capital enfrentam 11 km de congestionamento. Na região de Jundiaí, houve um acidente na pista expressa que interdita a faixa 1 da rodovia, entre os km 71 e o km 63. Na região de Campinas, o motorista encontra lentidão entre o km 107 e o km 104. Rio Os motoristas encontram tráfego lento em Resende, devido a acidente na pista expressa entre os km 298 e km 301. Em São João do Meriti, devido a obras na pista expressa, há lentidão entre os km 167 e km 175. Em Nova Iguaçu, os motoristas encontram congestionamento entre os km 174 e o km 171.  

continua após publicidade