Geral

Secretaria de Saúde abre 1.000 vagas para residência médica

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 27 de outubro (Folhapress) - A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo abriu inscrições para mil vagas de residência médica em 54 hospitais que atendem pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Os interessados devem preencher a ficha até o dia 31 de outubro pelo site www.concursosfcc.com.br, e pagar taxa de R$ 149,70. São oferecidas vagas em 43 especialidades para médicos recém formados. As provas acontecem no dia 2 de dezembro, somente na capital paulista. O valor das bolsas é de R$ 2.384,82 por mês e a carga horária, de 60 horas semanais. Em 2010, 10 mil médicos recém-formados se inscreveram no processo seletivo, o que representou crescimento de 10% no número de candidatos. Médicos que se formaram no exterior também podem participar do processo seletivo, desde que tenham validado seus diplomas no Brasil. Médicos estrangeiros que se formaram no país devem provas domínio da língua portuguesa. O governo do Estado vai pagar metade do total das bolsas oferecidas. O restante será financiado pelos municípios e pelo SUS. Treineiros Pela primeira vez, estudantes de medicina que ainda não se formaram poderão realizar a prova como treineiro (candidatos que fazem o exame somente como forma de treinamento e não têm direito à matrícula). Somente os estudantes que não concorrem a vagas de residência terão acesso às suas notas. "Abrimos espaço para os "treineiros" porque queremos desmistificar a prova para residência, além de permitir que os estudantes de medicina detectem as áreas para as quais precisam estudar mais", afirmou Irene Abramovich, coordenadora da área de Residência Médica da Secretaria.  

continua após publicidade