Geral

Fim de visto não deve ser decidido na primeira reunião

Da Redação ·





Por Flávia Foreque

BRASÍLIA, DF, 22 de outubro (Folhapress) - O fim de vistos para brasileiros ingressarem nos Estados Unidos não deve ser decidido hoje, quando acontece a primeira reunião em Washington de grupo de trabalho que trata do assunto.

"Não creio que haverá nesta rodada de conversas uma decisão sobre eliminação de vistos, mas [isso] foi fixado até como objetivo a ser perseguido, tendo em vista a avaliação positiva da presença brasileira nos Estados Unidos e vice-versa", disse o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, em coletiva de imprensa.

Em julho foi criado um memorando de entendimento para criação de grupo de trabalho para facilitação de vistos. Hoje há 37 países no programa de dispensa de visto.

Reportagem da Folha de S.Paulo publicada semana passada mostrou que os EUA receberão 316 mil turistas brasileiros a mais todos os anos se o Brasil for incluído no programa de dispensa de visto. A estimativa é da US Travel Association, entidade que representa empresas de turismo norte-americanas e faz lobby pela dispensa do visto para os brasileiros.

O chanceler brasileiro viaja ainda hoje para os Estados Unidos, onde terá encontro com a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, sobre parceria presidida pelos países para defesa de maior transparência de agentes públicos.
 

continua após publicidade