Geral

Governo sabota munição de grupos rebeldes, diz "NYT"

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 20 de outubro (Folhapress) - O governo sírio tem usado munição alterada para sabotar os armamentos dos grupos rebeldes, que há 19 meses enfrentam o regime do ditador Bashar Assad num combate que já custou a vida de dezenas de milhares.

A denúncia foi publicada hoje pelo jornal americano "The New York Times", a partir de relatos de dezenas de líderes guerrilheiros e combatentes na Síria.

Segundo esses insurgentes, o governo tem infiltrado munição "estragada" nos mercados negros onde os grupos rebeldes adquirem suas armas.

Carregadas com a munição alterada, o rifle ou metralhadora explodem durante o uso, destruindo "a arma e o homem", como relata uma das testemunhadas ouvidas pelo "NYT".

Ainda segundo o jornal, o governo americano também usa essa tática controversa no Afeganistão, para combater as tropas do movimento extremista Taleban.
 

continua após publicidade