Geral

Polícia prende agente suspeito de tentar entregar celulares a detentos

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 19 de outubro (Folhapress) - Um agente penitenciário de 28 anos foi preso na manhã de hoje no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Belém, na zona leste de São Paulo. O homem é suspeito de tentar entregar celulares para presos do local. Com ele, foram apreendidos cinco celulares.

O supervisor do centro de detenção disse que o suspeito estava em um local destinado aos detentos sem autorização quando agentes do GIR (Grupo de Intervenção Rápida) faziam uma revista nos pavilhões da unidade. Um policial, que faz a segurança da muralha do presídio, alertou a atitude suspeita do agente. Ele afirmou que o homem estava no local sem autorização, carregava um martelo e tentou esconder algo dentro das roupas dele.

Segundo a polícia, o agente tirou três celulares dos bolsos e os entregou à polícia após ser questionado se havia feito alguma apreensão. Em inspeção no armário do suspeito, o supervisor encontrou outros dois aparelhos dentro de uma mochila.

O agente disse que um dos celulares era dele e o outro, enrolado em preservativos, foi encontrado em uma caixa de esgoto. Ele pretendia presentear a filha dele com o objeto.

A polícia também encontrou fones de ouvido, carregadores e uma resistência de chuveiro no local. Foram encontrados bilhetes com informações sobre os presos e um comprovante de depósito de R$ 760.

Os objetos apreendidos foram encaminhados à perícia. O agente penitenciário foi encaminhado para o 81º DP (Belém). Ele será indiciado sob suspeita de peculato.
 

continua após publicidade