Geral

Avião que fechou Viracopos é levado para pátio de aeronaves

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 19 de outubro (Folhapress) - O avião de cargas da companhia Centurion foi retirado na madrugada de hoje da pista de taxiamento -usada para as aeronaves se locomoverem entre o pátio e a pista principal- do aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas (a 93 km de São Paulo). O avião ficou mais de 45 horas na única pista de pouso e decolagem do aeroporto no último final de semana. De acordo com a Infraero (estatal que administra os aeroportos), o avião precisou sofrer alguns reparos antes de ser levado para o pátio, além de ser feita a troca do trem de pouso para que ele pudesse ser deslocado até o pátio. Na segunda-feira, ele havia sido retirado da pista principal com um "recovery kit" (kit de restauração), que rebocou a aeronave. Apesar de ocupar parte da área de taxiamento por quatro dias, a Infraero informou que o bloqueio não atrapalhou o trânsito dos aviões que precisaram usá-la durante a semana. No sábado, o avião cargueiro derrapou no pouso, teve o pneu estourado e tombou na pista. Com o fechamento o aeroporto, cerca de 500 voos foram cancelados e ao menos 25 mil passageiros foram prejudicados. Segundo a Infraero, o peso do avião e o deslocamento do combustível para uma das asas dificultaram a remoção. No domingo, a Centurion Cargo, responsável pela aeronave, usou um "recovery kit" (kit de restauração) --alugado da TAM e levado de São Carlos --para remover o avião.  

continua após publicidade