Geral

Secretário de Justiça é inocentado em caso de tráfico de armas

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 19 de setembro (Folhapress) - O secretário de Justiça dos Estados Unidos, Eric Holder, foi absolvido hoje de envolvimento no tráfico de armas ocorrido na operação Velozes e Furiosos, que investigava os cartéis de droga no México. Uma sindicância interna do Departamento de Justiça apontou que não haviam provas de que Holder participou do envio de 2.000 armas americanas ao país vizinho sem autorização judicial durante a operação, em 2009. Para o órgão, o secretário não sabia sobre o tráfico de armamentos. Outros 14 funcionários da secretaria sofrerão medidas administrativas por conduta indevida ou julgamentos equivocados. O inspetor sênior Lanny Breuer, líder da divisão criminal da secretaria, foi considerado o principal responsável pela saída das armas do país no relatório sobre o caso. Um dos seus braços direitos, Jason Weinstein, renunciou ao cargo, de acordo com o Departamento de Justiça. Ele não interrogou e puniu os agentes que se envolveram no crime. O escândalo do tráfico de armas na operação Velozes e Furiosos ficou conhecido em dezembro de 2010 após a morte de um agente de fronteira. Duas das armas que passaram para o México foram usadas no homicídio, na região rural do Arizona.  

continua após publicidade