Geral

Professores voltam às aulas mas mantêm estado de greve

Da Redação ·

Os professores da rede estadual de ensino público do Paraná decidiram, após assembleia realizada nesta terça-feira (18) em Curitiba, manter o estado de greve, mobilização adotada desde o final de agosto em protesto para pedir melhorias salariais e na carreira. As aulas, que foram suspensas nesta terça-feira como forma de manifestação, serão retomadas normalmente a partir de amanhã (19) em toda a rede pública de ensino fundamental e médio no Paraná.

continua após publicidade


A manutenção do estado de greve ocorre mesmo após a concessão do aumento de 6,6% nos salários dos professores feita pelo governo do estado na última quinta-feira (13). O reajuste vale para o mês de setembro e é retroativo aos meses de julho e agosto. Outro aumento, de 6,65%, será concedido à categoria em outubro de 2012.

Conforme o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná (APP-Sindicato), a categoria ainda reivindica que o governo envie para a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) um projeto para a reestruturação de carreira docente, pagamento das promoções – que estaria atrasado – e reajuste para os funcionários das escolas.