Geral

Fogo atinge favela no centro da capital

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 17 de setembro (Folhapress) - O fogo que atingiu parte da favela do Moinho na manhã de hoje já tinha sido controlado, por volta das 8h40, segundo os bombeiros. As cerca de 20 equipes, porém, ainda estavam no local para o trabalho de rescaldo, para evitar o surgimento de novos focos de fogo.

O incêndio começou por volta das 7h na rua Doutor Elias Chaves, sob o viaduto Engenheiro Orlando Murgel, e se espalhou por diversos barracos. Com isso, o viaduto precisou ser totalmente interditado. O acesso da ponte da Casa Verde, na marginal Tietê, para a avenida Rudge também foi fechado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

O capitão do Corpo de Bombeiros Daniel da Silva Lima afirmou que a principal dificuldade encontrada no local é a tentativa da população em ajudar a controlar as chamas. Segundo ele, os moradores devem se afastar das chamas para evitar ferimentos. As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Ao lado do local atingido pelo fogo passa uma linha da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos). Por conta disso, a linha 8-diamante teve a circulação interrompida entre as estações Júlio Prestes e Barra Funda. Já na linha 7-rubi, os trens circulam apenas até a estação Barra Funda.

Para controlar o fluxo de passageiros, as estações da linha 12-safira, temporariamente, também permanecerão fechadas. Além disso, 17 linhas de ônibus estão tendo o percurso alterado.

Em dezembro do ano passado, a favela do Moinho foi atingida por um outro incêndio de grandes proporções. Segundo os bombeiros, três pessoas ficaram feridas na ocasião. Dois corpos também foram encontrados em um edifício atingido.

Outros casos

Na semana passada, a favela de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, também foi atingida por um incêndio e deixou uma pessoa intoxicada. Ao todo, cinco barracos foram atingidos pelas chamas.

No dia 8, uma outra favela foi atingida por um incêndio na região do bairro de Cumbica, em Guarulhos (na Grande São Paulo). O incêndio teve início por volta das 7h, na avenida Santos Dumont. Nove carros dos bombeiros foram deslocados para o local. Ninguém ficou ferido.

Na última dia 3, um outro incêndio destruiu parte de uma favela na região de Campo Belo, na zona sul de São Paulo. 285 barracos foram atingidos e três pessoas ficaram feridas.

Apenas na capital paulista, houve mais de 30 incêndios em favelas desde o início deste ano. Em 2011, foram 79 ocorrências --número mais baixo registrado desde 2008, quando 130 favelas pegaram fogo.
 

continua após publicidade