Geral

Mortos em acidente no interior eram cortadores de cana

Da Redação ·

SÃO PAULO, SP, 16 de setembro (Folhapress) - As vítimas do acidente na BR-116, que deixou dez mortos na madrugada de hoje na Bahia, eram cortadores de cana que voltavam do interior de São Paulo para Alagoas, segundo informações preliminares da Polícia Rodoviária Federal. Os trabalhadores estavam indo de Ribeirão Preto (SP) para São José da Tapera (a 215 km de Maceió). Por volta das 4h, uma carreta e a van em que estavam 12 pessoas colidiram na região de Irajuba (a 294 km de Salvador). O motorista da carreta, segundo a PRF, fugiu a pé após a batida. Dois passageiros da van que sobreviveram estão internados no Hospital Geral Prado Valadares, em Jequié (BA), e não correm risco de morte. Um terceiro sobrevivente chegou a ser socorrido, mas morreu ao chegar ao hospital. As outras nove pessoas --incluindo o motorista da van-- morreram na hora. De acordo com a PRF, os laudos preliminares apontam que a carreta invadiu a pista contrária. Os policiais aguardam o resultado da perícia. Os corpos estão no IML de Jequié aguardando liberação. O motorista da carreta ainda não foi localizado pela polícia. Em 2011 Em 3 de dezembro de 2011, 35 cortadores de cana morreram num acidente entre uma carreta, um caminhão e um ônibus em um trecho da BR-116 que fica a 11 quilômetros do local do acidente deste domingo. No ônibus, viajavam trabalhadores rurais do agreste pernambucano que voltavam de uma temporada em Mato Grosso do Sul. Dos mortos, 16 pertenciam à mesma família. As vítimas - Wanderley Celso Fernandes, 51 (motorista da van) - Jefferson Arles Santos Silva, 27 - Cícera Marcelina dos Santos Alves, 47 - João Joaquim de Moraes, 38 - Francisco José da Silva, 25 - Clóvis Junio de Oliveira, 23 - Keveton dos Santos, 18 - Jeanisson Barbosa, 20 - José Gomes da Silva, 38 - um não identificado  

continua após publicidade