Geral

Médica é morta a tiros ao sair de plantão em hospital

Da Redação ·

RIO DE JANEIRO, RJ, 16 de setembro (Folhapress) - A pediatra Sônia Maria Santanna, 61, foi assassinada com três tiros - um na cabeça e dois no peito - no início da manhã de hoje na rua Conde de Agrolongo, na Penha, zona norte do Rio. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, a médica era funcionária do estado e saiu do Hospital Getúlio Vargas às 7h após cumprir plantão. De acordo com a Polícia Militar, a médica dirigia um pálio preto quando foi surpreendida por criminosos em um Meriva branco que teria sido roubado em Vigário Geral, também na zona norte. A polícia, porém, ainda não sabe se a pediatra foi vítima de uma tentativa de assalto. Os bombeiros chegaram a ser acionados, mas Sônia não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios do Rio.  

continua após publicidade