Geral

Cotidiano-Notas

Da Redação ·

Sargento da PM é assassinado com oito tiros em Araraquara SÃO PAULO, SP, 16 de setembro (Folhapress) - Um sargento da Polícia Militar do 13º DP de Araraquara foi morto com oito tiros na noite de ontem. De acordo com a PM, o crime aconteceu entre as avenidas Francisco Parisi e Galileu Galilei, na altura do número 218, no bairro Parque São Paulo. Segundo a PM, o sargento estava em uma motocicleta em frente a um supermercado fechado quando recebeu os disparos. Os oito tiros acertaram o tórax, a cabeça e um dos braços do sargento. Policial é morto com seis tiros em São Carlos SÃO PAULO, SP, 16 de setembro (Folhapress) - O policial militar Marco Aurélio de Santi foi morto com seis tiros em São Carlos (232 km de São Paulo), na manhã de sexta-feira. Ele estava dentro de seu carro no bairro Vila Jacobucci, em uma empresa de distribuição alimentícia para a qual fazia "bico", de acordo com o delegado Edmundo Ferreira Gomes, da DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Segundo o delegado, uma testemunha informou que dois homens, um deles vestindo capuz, atiraram pelo vidro do carro do soldado. "Dois dos disparos foram feitos encostados no vidro", disse. Santi, que estava na corporação havia 24 anos, saiu do carro para pedir ajuda, mas caiu na calçada e morreu no local. Policial é morto a tiros na Rocinha RIO DE JANEIRO, RJ, 16 de setembro (Folhapress) - O soldado da PM Diego Bruno Barbosa Henriques, 25, foi morto a tiros na sexta-feira, durante um patrulhamento na favela da Rocinha, na região de São Conrado, na zona sul do Rio. Segundo a assessoria da PM, Henriques foi atingido por disparos de pistola quando fazia ronda a pé com outros três policiais. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. Ontem a polícia divulgou as fotos de dois suspeitos de envolvimento no crime. Ronaldo de Azevedo Oliveira da Cunha e Rafael da Silva de Barros foram procurados na comunidade durante uma operação que envolveu pelo menos 40 policiais da DH (Delegacia de Homicídios). Elevador de prédio despenca e deixa quatro feridos no centro de SP SÃO PAULO, SP, 16 de setembro (Folhapress) - O elevador de um edifício residencial na avenida Rio Branco, região central de São Paulo, despencou na noite de ontem e deixou quatro pessoas feridas. As vítimas foram socorridas pelos Bombeiros e pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levadas para o pronto socorro da Santa Casa. Não há informações sobre o estado de saúde delas. O acidente ocorreu por volta das 20h. De acordo com um morador do prédio, o elevador teria despencado quando se encontrava no décimo andar.  

continua após publicidade