Geral

Pai é acusado de matar filhos após filmá-los

Da Redação ·
O réu estaria revoltado com o fato de a ex-mulher estar buscando novos parceiros
fonte: BBC - Brasil
O réu estaria revoltado com o fato de a ex-mulher estar buscando novos parceiros

Um pai zimbabuense que gravou um vídeo dos filhos se despedindo da mãe antes de estrangulá-los, em outubro do ano passado, está sendo julgado na Grã-Bretanha.

continua após publicidade

Petros Williams, de 37 anos, teria decidido matar as crianças Yolanda e Theo Molemohi, de 4 e 2 anos respectivamente, depois que seu casamento com Morongoe Molemohi acabou.

"A promotoria alega que isso foi uma reação rancorosa e egoísta ao fim de seu casamento. Foi um ato deliberado de assassinato", disse ao júri o promotor Andrew Thomas.

continua após publicidade

No vídeo exibido durante o julgamento, as duas crianças aparecem sentadas em um sofá sendo estimuladas pelo pai a dizerem "adeus" à sua mãe.

Dois dias depois, a mulher de 30 anos encontraria seus dois filhos mortos por enforcamento com cabos de computador no apartamento em que moravam com o pai, em Manchester.

"Eu fui pegá-los de debaixo do cobertor. Eu pensei que eles estivessem dormindo", disse a mãe.

Segundo a acusação, o uso dos cabos para o estrangulamento foi um "simbólico ato de punição", porque o réu estaria revoltado com o fato de a ex-mulher estar usando programas de relacionamento na internet para encontrar novos parceiros.