Geral

PUC-SP decide contar votos desconsiderados em eleição para reitor

Da Redação ·

Por Julia Boarini SÃO PAULO, SP, 12 de setembro (Folhapress) - A PUC-SP decidiu hoje em reunião do conselho universitário que fará a contagem dos votos que haviam sido desconsiderados para a eleição do novo reitor. O resultado divulgado no dia 31 de agosto apontava como vencedor do processo o atual reitor, Dirceu de Mello. Porém, um urna contendo 336 votos - do campus de Sorocaba (a 99 km de São Paulo) - foi anulada, porque as cédulas não tinham rubrica de nenhum mesário. A candidata Anna Cintra, que ficou em terceiro lugar, pediu para que a exclusão das cédulas do processo eleitoral fosse revista. O vice de sua chapa é de Sorocaba. Após a decisão de hoje, os votos da urna serão contados em uma sessão pública, marcada para depois de amanhã, a partir das 14h, na sala 119-A. Simulação da Folha de S.Paulo indica que Ana só venceria se recebesse quase a totalidade dos anulados. O resultado da votação ainda precisa ser homologado pelo Conselho Universitário e submetido ao arcebispo de São Paulo, dom Odilo Scherer, grão-chanceler da instituição, a quem cabe a decisão final. Professores, funcionários e alunos participação da eleição.  

continua após publicidade