Geral

Internos fazem 7 reféns durante rebelião em Fundação Casa

Da Redação ·





SÃO PAULO, SP, 12 de setembro (Folhapress) - Internos da Fundação Casa da Vila Leopoldina, na zona oeste de São Paulo, iniciaram uma rebelião por volta das 9h30 de hoje. Eles faziam sete funcionários reféns às 15h30.

Segundo a instituição, um interno com problemas psiquiátricos agrediu o coordenador da segurança do local durante uma aula. Outros adolescentes aproveitaram a situação para iniciar o tumulto. Eles quebraram mesas, cadeiras, portas e um portão e usaram os pedaços desses objetos como armas contra os funcionários.

O coordenador agredido foi liberado pelos adolescentes e foi encaminhado ao Hospital das Clínicas para receber atendimento médico. O estado de saúde dele não foi informado.

A negociação com internos era feita pelos diretores do local. Os menores não faziam nenhuma reivindicação. A Fundação Casa não soube informar se algum adolescente se feriu.

A polícia chegou às 11h40, mas permaneceu na parte externa do local. Segundo a Fundação, os reféns estavam em uma sala e não estavam feridos.

A Corregedoria da Fundação Casa informou que vai abrir uma sindicância para investigar o motivo da rebelião.

A unidade da Vila Leopoldina tem capacidade para 150 infratores. No momento, o local abriga 101 adolescentes.
 

continua após publicidade