Geral

Governo inicia amanhã pagamento dos dias cortados a grevistas

Da Redação ·

BRASÍLIA, DF, 11 de setembro (Folhapress) - O governo federal deve iniciar amanhã o pagamento de 50% do salário a servidores que tiveram o ponto cortado enquanto estavam em greve entre os dias 15 de julho e 15 de agosto. Esse pagamento era previsto no acordo feito entre governo e servidores pelo fim da greve - a outra metade será paga após a reposição dos dias não trabalhados. De acordo com o Ministério do Planejamento, os servidores devem apresentar, também a partir de amanhã, um calendário para a reposição dos dias de greve. Cada órgão terá um sistema próprio, conforme suas necessidades. O ministério não soube informar quantos serão abrangidos pelo pagamento nem qual será o impacto financeiro nas contas do governo. Cerca de 11 mil servidores tiveram o ponto cortado, mas apenas depois de o Planejamento concluir a folha de pagamento será possível saber quantos assinaram o acordo pelo fim da greve. O movimento grevista dos servidores públicos afetou mais de 60% do quadro de trabalhadores do Poder Executivo federal, segundo a Condsef (Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal). Balanço feito pela confederação na época apontava que mais de 40 categorias aderiram.  

continua após publicidade